Petrobras negocia sócio para Comperj, diz Parente

Segundo Parente, uma novidade sobre a atração de um sócio para o empreendimento pode ser anunciada em até três meses

Rio de Janeiro – A Petrobras negocia uma parceria para a conclusão das obras do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj) e uma novidade sobre a atração de um sócio para o empreendimento pode ser anunciada em até três meses, após conversas positivas com um possível investidor, disse a jornalistas nesta quarta-feira o presidente da estatal, Pedro Parente.

O comentário vem pouco após uma comitiva do Ministério de Minas e Energia brasileiro participar de reuniões na China com CNPC, Petrochina e Sinopec com o objetivo de atrair investimentos na área de refino.

Ao ser questionado por jornalistas nesta quarta-feira, o presidente da Petrobras evitou confirmar se a empresa chinesa se trata da CNPC.

Em outubro, Parente havia dito que a Petrobras estava negociando uma parceria com a chinesa CNPC para as obras da refinaria do Comperj.