Petrobras inclui Pasadena e ativos na África em desinvestimentos

Petroleira afirmou também que mantém sua meta de obter 21 bilhões de dólares em parcerias e desinvestimentos no biênio 2017/2018

São Paulo – A Petrobras decidiu recompor sua carteira de parcerias e desinvestimentos e incluiu a venda da Refinaria de Pasadena e de sua participação na Petrobras Oil & Gas B.V. (PO&G), na África. A Coluna do Broadcast antecipou nesta terça-feira, 9, que o programa incluiria a venda do ativo na África.

Os projetos, conforme a nova sistemática para desinvestimentos, em cumprimento à decisão do Tribunal de Contas da União, serão submetidos individualmente à diretoria executiva e, se aprovados, serão oportunamente divulgados com mais informações sobre os ativos envolvidos, o modelo de negócio e os critérios de seleção de potenciais interessados, segundo explica a companhia em comunicado ao mercado.

“Dessa forma, a carteira aprovada é uma carteira de intenções, a partir da qual o início de divulgação de cada projeto se dará individualmente e oportunamente.”

A Petrobras reforça, também, que seu programa de desinvestimentos “é dinâmico e poderá ser alterado devido às condições de mercado e às sucessivas análises do portfólio”, e reitera que a meta de parcerias e desinvestimentos estabelecida no Plano Estratégico é de US$ 21 bilhões para o biênio 2017/2018.