Petrobras eleva produção de petróleo no País em junho

Produção total de petróleo e gás da companhia no Brasil cresceu 4,8% em junho sobre maio, totalizando 2,378 milhões de barris por dia (bpd)

Rio – A produção total de petróleo e gás da Petrobras no Brasil cresceu 4,8% em junho sobre maio, totalizando 2,378 milhões de barris por dia (bpd). A parcela exclusiva de petróleo chegou a 2,043 milhões, aumento de 5,2% em relação a maio. A produção é referente aos campos onde opera também com parceiros. Nas áreas onde atua sozinha, a Petrobras produziu 1,979 milhão barris por dia (óleo, mais líquido de gás natural – LGN).

O crescimento da produção resultou da entrada em operação de novos poços interligados às plataformas FPSO-Cidade de Itajaí, no Campo de Baúna, na Bacia de Santos, e FPSO-Brasil, no Campo de Roncador, na Bacia de Campos, além do início de operação do FPSO-Cidade de Paraty, no projeto-piloto de Lula Nordeste, no pré-sal da Bacia de Santos.

De acordo com comunicado da companhia distribuído na noite desta quarta-feira, 31, contribuiu também para o aumento do volume produzido o retorno à operação das plataformas P-25 e P-31, no Campo de Albacora, na Bacia de Campos, e do FPSO Cidade de Angra dos Reis, que opera no projeto-piloto do Campo de Lula, no pré-sal da Bacia de Santos. Essas unidades de produção cumpriram paradas programadas em maio. Seguindo o cronograma, em junho, as plataformas P-20 e Pampo-1 (PPM-1), ambas na Bacia de Campos, interromperam a produção para manutenção.

Em nota, a estatal destaca a crescente contribuição do pré-sal para o volume total, que bateu, em junho, novo recorde, com a média diária de 310,2 mil barris por dia, incluída a parte operada pela empresa para seus parceiros. Somado à produção da empresa no exterior, o volume total de petróleo mais gás natural atingiu, em junho, a média de 2,612 milhões boe/d, 4,2% acima da produção total de maio.