Petrobras diz que não alterou projeções no plano 2013-17

Segundo a estatal, produção de óleo da Petrobras no Brasil deve sair dos atuais 2 milhões de barris por dia para 4,2 milhões de barris por dia em 2020

São Paulo – A Petrobras divulgou na tarde desta quinta-feira, 9, nota de esclarecimento na qual informa que não alterou suas projeções de produção divulgadas no Plano de Negócios e Gestão 2013-17, em 15 de março de 2013.

O comunicado foi divulgado em função de reportagem publicada ontem pelo jornal O Estado de S. Paulo, sob o título “Pré-sal vai da euforia à realidade”.

Segundo a estatal, conforme demonstrado no Plano, a produção de óleo da Petrobras no Brasil deve sair dos atuais 2 milhões de barris por dia para 4,2 milhões de barris por dia em 2020.

“Incluindo a produção de gás natural, a previsão é de chegar em 2020 com a produção de 5,2 milhões de barris de óleo equivalente por dia”, afirma.

Ainda conforme o comunicado, em 2012 o pré-sal representava 7% da produção de petróleo. Segundo o Plano, em 2020 deverá representar 50%, sendo 31% do pré-sal sob regime de concessão e 19% da Cessão Onerosa.

“Os 50% restantes virão da região do pós-sal (44%) e de novas descobertas (6%)”, acrescenta.