Petrobras descobre nova jazida de gás na Argentina

Novas jazidas descobertas estão na área de El Mangrullo, nas vizinhanças das cidades de Plaza Huincul e Cultral-có

Buenos Aires – A Petrobras Argentina anunciou nesta terça-feira, 15, o descobrimento de novas reservas de gás natural na província de Neuquén, na área setentrional da Patagônia, onde a empresa possui explorações desde os anos 90. As novas jazidas descobertas estão na área de El Mangrullo, nas vizinhanças das cidades de Plaza Huincul e Cultral-có.

“Se bem que os resultados desse poço exploratório são promissórios, ainda não é possível estimar as reservas associadas a este descobrimento”, informou a empresa em Buenos Aires. Segundo a gerência de assuntos corporativos e imprensa, o tamanho das reservas será definido “por intermédio de novos estudos e perfurações”.

Neuquén é a província mais rica da Argentina na produção de gás. No entanto, a Petrobras e o governador da província, Jorge Sapag, tiveram diversos momentos de tensão nos últimos anos.

Em 2011 o governo provincial decretou o cancelamento de uma concessão que a empresa brasileira tinha em território neuquino e que somente caducaria em 2027. Segundo as autoridades de Neuquén, a Petrobras não estava realizando os investimentos necessários. Na época, a empresa retrucou, afirmando que estava cumprindo o contrato. O caso chegou à Corte Suprema de Justiça da Argentina, que anulou o decreto de Sapag, aumentando a irritação no governo neuquino, que tem boas relações com empresas petrolíferas de outros países.

Em janeiro deste ano as tensões aumentaram quando o governo neuquino acusou a Petrobras de ser responsável por um derrame de petróleo “de altíssima gravidade” por “falta de investimentos”. A empresa defendeu-se, alegando que a ruptura de canos que havia provocado o derrame foi causado por uma avalanche. Segundo a empresa, o derrame foi contido de forma imediata.

Em novembro do ano passado a Petrobras Argentina anunciou a descoberta de um poço na concessão Puesto Peter, na província de Santa Cruz, na área meridional da Patagônia.