Petrobras confirma potencial na Área Nordeste de Tupi

O óleo no local é de boa qualidade e fica no pré-sal da bacia de Santos

São Paulo- A Petrobras informou nesta sexta-feira que confirmou a descoberta de óleo de boa qualidade na área denominada Nordeste de Tupi, no pré-sal da bacia de Santos, segundo comunicado.

“A descoberta foi comprovada por meio de amostras de petróleo de 26o API, em teste a cabo, colhidas a partir de 4.960 metros. Foi identificada, até o momento, uma coluna de óleo de mais de 290 metros de espessura em reservatórios carbonáticos do pré-sal”, disse a estatal em comunicado.

A Petrobras não forneceu estimativas para os reservatórios.

Segundo a estatal, o poço está sendo revestido no intervalo dos reservatórios. “A continuidade da perfuração desse poço terá como objetivo investigar a profundidade final destes reservatórios, bem como constatar o contato óleo/água”, explicou.

Tupi Nordeste integra os blocos que entraram na negociação com o governo durante o processo de capitalização da estatal. O poço entrou no acordo da chamada “cessão onerosa”.

“Após a conclusão da perfuração, está programado um Teste de Formação para avaliar a produtividade dos reservatórios portadores de óleo. Além disso, a Petrobras dará continuidade às atividades e investimentos previstos no Programa Exploratório Obrigatório (PEO) do contrato de Cessão Onerosa, que prevê, para essa área, a realização de um Teste de Longa Duração”, disse a empresa em comunicado.

O poço onde foi confiramada a descoberta foi denominado 1-BRSA-976-RJS (1-RJS-691) e está localizado a nordeste do campo de Lula, em lâmina d’água de 2.131 metros, e a uma distância de 255 quilômetros da cidade do Rio de Janeiro.