Petrobras confirma potencial de concessão com Repsol e BG

Estatal confirmou o grande potencial petroleiro de uma concessão em águas muito profundas no oceano Atlântico

Rio de Janeiro – A Petrobras confirmou nesta terça-feira o grande potencial petroleiro de uma concessão em águas muito profundas no oceano Atlântico que compartilha com a hispânico-chinesa Repsol Sinopec e a britânica BG.

A “boa produtividade” e a grande qualidade do petróleo, de 32 graus na escala API, foram confirmadas após a conclusão de um poço conhecido como Sagitário, o primeiro perfurado na concessão BM-S-50, informou a companhia petrolífera brasileira em comunicado.

O poço exploratório Sagitário alcançou uma profundidade de 7.110 metros em uma região a 194 quilômetros do litoral do estado de São Paulo em que a profundidade do mar é de 1.871 metros.

“Os resultados obtidos comprovam a boa produtividade da descoberta. A prova também indicou que as reservas têm uma boa permeabilidade”, segundo o comunicado da Petrobras.

Segundo a nota, a partir de 6.144 metros de profundidade foi constatada uma reserva de 159 metros “com petróleo de boa qualidade”.

O consórcio que adquiriu o direito a explorar a concessão BM-S-50 é operado pela Petrobras, que tem 60% de participação, e completado pela Repsol Sinopec (20 %) e pela BG E&P Brasil (20%), uma concessionária da multinacional BG. EFE