Petrobras confirma Graça Foster na presidência

Gabrielli, atual presidente, fica no cargo até segunda, dia 13 de fevereiro

São Paulo – Sim, a indicação foi aceita. A Petrobras acaba de confirmar a nomeação da executiva Maria das Graças Silva Foster para a presidência da companhia, a primeira mulher a ocupar o cargo. O atual presidente, José Sérgio Gabrielli de Azevedo, fica no cargo até segunda, dia 13 de fevereiro.

O nome da executivo havia sido indicado, no dia 23 de janeiro, pelo presidente do conselho da companhia, Guido Mantega. A decisão aconteceu hoje, dia 09, e a decisão é válida até a próxima Assembleia Geral de Acionista da Petrobras.

Nascida em Caratinga, no interior de Minas Gerais, em 26 de agosto de 1953, Graça Foster, como é chamada, trabalha há 31 anos na companhia, onde atuava como diretora da área de gás e energia e como presidente da Gaspetro, desde 2007.

Ela é formada pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e tem mestrado em engenharia química e engenharia nuclear pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), além de MBA (sigla em inglês para master business administration) em economia pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Graça ficará no lugar de Gabrielli. No comando da companhia desde 2005, o executivo teria aspirações políticas e deve disputar o cargo de governado no estado baiano nas eleições de 2014, segundo notícias divulgadas na imprensa.

Leia também: O que espera Graça Foster na Petrobras (e o que se espera dela)