Pepsico faz análise em Toddynho com ‘alteração’

Consumidores de Porto Alegre reclamam que bebida causou sensação de queimadura na boca

São Paulo – A Pepsico está realizando uma análise no lote de 80 unidades de 200 ml de Toddynho Original, comercializadas na região metropolitana de Porto Alegre, para descobrir o que teria provocado a “alteração na qualidade” do produto. A informação é da assessoria de imprensa da companhia, que também divulgou um comunicado oficial.

Hoje, a Coordenação de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Porto Alegre mandou suspender a venda do achocolatado que estava armazenado na Central de Distribuição. A notificação e a suspensão da comercialização ocorreram depois de relatos de sensação de queimadura na boca e esôfago entre crianças e adultos, que consumiram o produto.

Segundo a Vigilância Sanitária, quatro casos em Porto Alegre e outros em Canoas e São Leopoldo já foram notificados. Os estabelecimentos comerciais estão sendo vistoriados com o objetivo de verificar a existência do produto e solicitar a retirada dos que estiverem à venda.

“A PEPSICO, detentora da marca TODDYNHO®, esclarece que tomou conhecimento de alteração na qualidade de cerca de 80 unidades de 200ml de TODDYNHO® Original, comercializadas na região metropolitana de Porto Alegre”, informou nota oficial da companhia. De acordo com a Pepsi, “a empresa imediatamente tomou as ações cabíveis para retirar estas unidades de circulação e conta com uma equipe de profissionais mobilizada para dar informações aos consumidores, pelo telefone 0800 703 2222. Os produtos são do lote com numeração de L4 32 05:30 a 06:30, todos com validade de 19/02/2012.”

A PepsiCo também afirmou, em comunicado, que “mantém profundo respeito com seus consumidores nos seus mais de 50 anos de atuação no Brasil. A empresa pauta suas ações pela ética e transparência e segue rigoroso controle de qualidade para produção de todas as suas marcas.”