PepsiCo planeja demitir 3% de seus funcionários no mundo

Enquanto isso, investimentos em marketing devem crescer entre 500 e 600 milhões de dólares

São Paulo –  A PepsiCo anunciou que pretende demitir cerca de 3% de seus funcionários no mundo – aproximadamente, 8.700 pessoas. O corte já era especulado e faz parte do plano de otimização das estruturas da empresa – que pretende economizar cerca de 1,5 bilhões de dólares até 2014 (sendo 500 milhões de dólares em 2012). 

Ao mesmo tempo, os investimentos em marketing devem aumentar entre 500 milhões de dólares e 600 milhões de dólares em 2012, com foco na América do Norte. A empresa também pretende aumentar investimentos em suas marcas ícones e inovar. “2012 será um ano de transição”, afirmou Indra Nooyi, CEO da PepsiCo em comunicado à imprensa. 

A empresa reafirmou a força de sua operação única – sem separar as áreas de bebidas e alimentos, como foi especulado – e defendeu que oferece melhores resultados aos acionistas com uma única empresa.