PDG apresenta plano de recuperação no fim de maio

A companhia acumula dívida total de R$ 7,8 bilhões, dos quais R$ 6,2 bilhões serão renegociadas dentro do processo de recuperação

São Paulo – A apresentação do plano de recuperação judicial da PDG Realty será feita apenas no fim do maio, e não no início do mês, como estimado inicialmente pela administração da incorporadora. Segundo fontes próximas ao assunto, o caso tem demandado mais tempo por sua complexidade.

A companhia acumula dívida total de R$ 7,8 bilhões, dos quais R$ 6,2 bilhões serão renegociadas dentro do processo de recuperação, num total de 23 mil credores. Procurada, a PDG não comentou o assunto.

Um dos pontos mais delicados na construção do plano diz respeito à injeção de dinheiro novo na empresa, algo essencial para terminar as obras de 27 empreendimentos, que totalizam 7,3 mil unidades. Dezessete obras estão paradas.

Uma das possibilidades para equacionar este problema seria a concessão de crédito adicional pelos bancos que financiaram os empreendimentos, mas este ponto ainda não está definido.

Outra alternativa em estudo pela PDG seria um aumento de capital, com preferência de subscrição para os atuais sócios.

A Vinci Partners é a principal acionista, com participação de 33%, seguida pela gestora de recursos Orbis Investment, com 15%.As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.