Paranapanema aprova plano de investimentos de R$ 630 milhões

Recursos serão usados para ampliar a produção em diversas unidades

São Paulo – A Paranapanema recebeu aval de seu conselho de administração para investir 630 milhões de reais no período de 2011 a 2013. A maior parte desses recursos, 290 milhões de reais, será desembolsada até 2012 na modernização da unidade de Dias D’Avila, na Bahia. A capacidade instalada de cobre refinado será elevada, nesta planta, de 230.000 para 280.000 toneladas por ano.

O segundo maior investimento previsto pela Paranapanema para o período é a ampliação da capacidade instalada, de 60.000 para 200.000 toneladas por ano, da linha de laminação a quente. O investimento total é de 170 milhões de reais, e deve ser realizado até 2013.

A Paranapanema também reservou 142 milhões de reais para projetos de expansão em semi-elaborados de cobre. Neste item, o plano é ampliar de 28.000 para 55.000 toneladas anuais a capacidade produtiva de uma das unidades da marca Eluma. Os trabalhos demorarão também até 2013.

Metais preciosos

A Paranapanema também orçou em 28 milhões de reais a instalação de uma planta de refino de metais preciosos. A refinadora será instalada na unidade de Caraíba, na Bahia. O objetivo é recuperar metais como ouro, prata, platina e selênio que vêm junto com o material processado para o refino de cobre. Essa unidade está prevista para iniciar as operações no segundo semestre do próximo ano.

Os projetos acima totalizam os 630 milhões de reais programados. A Paranapanema ainda mantém um outro investimento, adicional a esses. Trata-se da ampliação da fábrica de tubos de cobre. Por 72 milhões de reais, a companhia espera dobrar a capacidade instalada para 36.000 toneladas anuais. O projeto deve ser concluído em março de 2012.