Pão de Açúcar quer retomar crescimento orgânico a partir de 2012

Grupo estima crescer no mesmo ritmo registrado em 2010, ou seja , mais de 100.000 metros quadrados

São Paulo – O Pão de Açúcar quer, a partir do próximo ano, retomar os níveis de crescimento orgânico que o grupo vinha registrando antes de 2011. Este ano, segundo Hugo Bethlem, vice-presidente da companhia, está sendo atípico para a empresa, que quer voltar a crescer na ordem de 7% em 2012.

“Este ano foi diferente para o grupo, pois decidimos focar nossos esforços na conversão das bandeiras Sendas e Compre Bem para Extra e no processo de integração das Casas Bahia e Ponto Frio. Estamos finalizando esses processos e a partir de 2012 vamos focar na expansão dessas bandeiras organicamente”, afirmou o executivo, em entrevista a EXAME.com.

De acordo com ele, o crescimento de 7% representa expansão de mais de 100.000 metros quadrados para o grupo. Com exceção da bandeira Extra Fácil, que terá crescimento concentrado em São Paulo capital, as demais bandeiras do grupo, terá crescimento centrado nas regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste.

Neste ano, o grupo Pão de Açúcar vai inaugurar cerca de 30 novas lojas das bandeiras pertencentes à Globex – Ponto Frio e Casas Bahia. Para o quarto trimestre, estão previstas a inauguração de 15 novos pontos de vendas, sendo cinco no novo formado Ponto Frio e dez Casas Bahia.

Investimentos

Para todo o processo de conversão e integração, os investimentos previstos devem fechar o ano na ordem de 1,2, 1,3 bilhão de reais. Segundo Bethlem, o montante está em linha com o guindasse previsto pela companhia no ano. No início de 2011, o grupo Pão de açúcar havia anunciado Capex na ordem de 1,4 bilhão de reais.

“Nas mais de 200 lojas Sendas e Compre Bem convertidas para a bandeira Extra, conseguimos gerar economia além da orçada pelo grupo, por isso, nossos investimentos serão menores neste ano. Para o ano que vem, o foco dos aportes serão outros, mas devem ficar na mesma linha de grandeza que os investimentos deste ano”, afirmou o executivo.

 Na última quinta-feira, o grupo Pão de Açúcar apresentou seu resultado financeiro referente ao terceiro trimestre do ano. No período, a companhia apresentou lucro líquido 1,5% inferior na comparação com o mesmo período de 2010, somando 133,5 milhões de reais.