Pão de Açúcar investirá menos que o previsto em 2011

O montante ficará abaixo do teto fixado pela varejista para este ano, de R$ 1,41 bilhão

São Paulo – O Grupo Pão de Açúcar deve fechar 2011 com investimentos entre 1,2 bilhão e 1,3 bilhão de reais, concentrados principalmente em conversão, abertura e reforma de lojas, afirmou nesta sexta-feira o vice-presidente de relações corporativas da companhia, Hugo Bethlem.

O montante, entretanto, ficará abaixo do teto fixado pela varejista em fevereiro, quando a previsão era de que os investimentos chegassem a até 1,41 bilhão de reais ao longo deste ano. Em 2010, o grupo desembolsou 1,19 bilhão de reais.

“Vamos encerrar o ano com Capex entre 1,2 bilhão e 1,3 bilhão de reais”, disse ele em teleconferência com analistas.

Nos três meses encerrados em setembro, os investimentos consolidados do Pão de Açúcar foram de 433 milhões de reais, sendo 108 milhões destinados à Globex –que reúne Casas Bahia, Ponto Frio e Nova Pontocom.

No trimestre passado, a varejista concluiu a conversão de 93 lojas dos formatos CompreBem e Sendas para as bandeiras Extra Supermercado, Extra Hipermercado e Pão de Açúcar, além de ter inaugurado uma unidade de Pão de Açúcar e outra de Extra Hipermercado.

Nesta sexta-feira, o presidente-executivo da Globex, Raphael Klein, afirmou que, até o final deste ano, serão inauguradas 15 lojas de eletroeletrônicos, sendo cinco sob a bandeira Ponto Frio e dez Casas Bahia, ingressando em Fortaleza (CE), onde ainda não tinha operações. No ano até agora, a Globex abriu 14 novas lojas.

Bethlem acrescentou que, no segmento alimentar, serão inauguradas outras 11 lojas no atual trimestre.

“Estamos confortáveis para cumprir as metas… 2012 será o ano da retomada do crescimento orgânico”, afirmou o executivo.

O Pão de Açúcar já havia anunciado que planeja abrir cerca de 420 lojas nos próximos três anos, sendo a maior parte de unidades de pequeno formato, sob a bandeira Extra Fácil.

“Temos planos bastante agressivos para o próximo ano, que esperamos ser melhor que 2011”, acrescentou o presidente-executivo do grupo, Enéas Pestana.

O Pão de Açúcar divulgou na véspera ligeira queda no lucro consolidado do terceiro trimestre, que foi de 133,5 milhões de reais, em linha com a média das estimativas de analistas.

As ações da companhia operavam em queda de 0,49 por cento às 13h34, cotadas a 64,75 reais, enquanto o Ibovespa caía 0,18 por cento.