Panamericano tem perda com baixa cessão de créditos

O prejuízo, porém, foi menor que o resultado negativo verificado no segundo trimestre deste ano, de R$ 262,5 milhões

São Paulo – O Banco Panamericano registrou prejuízo líquido consolidado de R$ 197,9 milhões no terceiro trimestre de 2012, ante lucro de R$ 2,8 milhões no mesmo período do ano passado.

O prejuízo, porém, foi menor que o resultado negativo verificado no segundo trimestre deste ano, de R$ 262,5 milhões. De acordo com o banco, o resultado do terceiro trimestre de 2012 foi impactado pelo baixo volume de cessões de créditos e pela ainda elevada despesa de provisão para créditos de liquidação duvidosa.

O patrimônio líquido consolidado do Panamericano alcançou R$ 2,528 bilhões ao final de setembro deste ano, cifra 105,5% maior na comparação com igual intervalo de 2011, mas 7,3% menor em relação ao segundo trimestre de 2012. Os ativos totais somaram R$ 18,247 bilhões no terceiro trimestre, alta de 41,8% na comparação anual e de 24,4% ante o trimestre imediatamente anterior.

A carteira de crédito expandida do banco atingiu R$ 13,176 bilhões de julho a setembro deste ano, aumento de 25,9% ante o mesmo período do ano passado e de 22,5% sobre o segundo trimestre de 2012.

O Panamericano registrou ainda Índice de Basileia (que mede quanto o banco pode emprestar sem comprometer seu capital) de 12,19% no terceiro trimestre de 2012, 0,2 ponto porcentual acima do verificado no mesmo período de 2011, mas 7,9 pontos porcentuais abaixo do segundo trimestre deste ano.