Os vencedores da cidadania

As melhores empresas em responsabilidade social

A 3M, Acesita, Belgo, CPFL, Multibrás, Natura, Perdigão, Philips, Serasa e TRW são as dez empresas modelo em responsabilidade social, apontadas pela quarta edição do Guia de Boa Cidadania Corporativa, que será lançado em 18 de dezembro. Participaram da pesquisa 245 empresas, respondendo a um questionário baseado nos indicadores Ethos, sobre valores e princípios éticos, atuação ambiental e relacionamento com a sociedade, clientes, consumidores, fornecedores, funcionários e governo. Foram escolhidos também um modelo de pequena empresa — a fabricante de móveis Zanzini, de Dois Córregos, no interior de São Paulo — e quatro destaques regionais: Albras (Norte), Bahia Sul Nordeste), Laboratórios Sabin (Centro-Oeste) e Kraft (Sul).

Produzido por EXAME em parceria com o Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social e com o Gife — Grupo de Institutos, Fundações e Empresas –, o guia tem como objetivo disseminar os conceitos de boa cidadania corporativa e apresentar as melhores práticas. Além das empresas modelo, o guia destaca projetos sociais das empresas. Neste ano, foram inscritos 1 200 projetos. Uma banca de especialistas em Terceiro Setor selecionou os melhores, por categoria, e decidiu conceder uma menção especial ao grupo Orsa pelo conjunto de suas ações sociais. Os destaques são:

EDUCAÇÃO

Programa Ensino de Qualidade, da Belgo, e Projeto Telemar Educação, da Telemar

MEIO AMBIENTE

Programa Pobreza e Meio Ambiente na Amazônia, da DaimlerChrysler

SAÚDE

Programa Brasil, do McDonalds

APOIO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE

Programa Aprendiz Comgás, da Companhia de Gás de São Paulo, e Projeto Russas, do BankBoston

CULTURA

Rumos Itaú Cultural, do Itaú

REDUÇÃO DO DESEMPREGO

Cooperativa de Catadores Autônomos de Papel, Papelão, Aparas e Materiais Reaproveitáveis, da Suzano

APOIO A PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

Diversidade, do Banco do Brasil

REDUÇÃO DA VIOLÊNCIA

Concurso de Policiamento Comunitário, da Motorola

COMBATE À FOME

Programa de Alimentação Orientada, da TIM

Os jurados optaram por não conceder destaque na categoria apoio à terceira idade porque os projetos não alcançaram o nível dos vencedores nos anos anteriores.