Orascom estende prazo para plano alternativo de recuperação da Oi

A empresa terá até 31 de março para apresentar um plano alternativo de reorganização que ajudaria a acelerar sua saída da recuperação judicial

São Paulo – A operadora de telecomunicações Oi informou nesta quinta-feira ter recebido correspondência da Orascom informando que estendeu até 31 de março o prazo para um plano alternativo de reorganização que ajudaria a acelerar sua saída da recuperação judicial.

A informação, divulgada em comunicado ao mercado, foi publicada mais cedo nesta quinta pela Reuters, citando fontes.