Operador francês pagará 1 mi de euros ao Société Générale

Jérôme Kerviel já foi condenado a 5 anos de prisão por operações financeiras de alto risco que, em 2008, fizeram o banco perder 4,9 bilhões de euros

A justiça francesa condenou nesta sexta-feira em apelação o ex-operador Jérôme Kerviel a pagar 1 milhão de euros ao Société Générale pelas perdas milionárias que provocou quando trabalhava para este banco, uma cifra muito inferior aos 4,9 bilhões de euros de sua condenação em primeira instância.

O ex-operador de 39 anos já foi condenado pela justiça a 5 anos de prisão por suas operações financeiras de alto risco que, em 2008, fizeram o banco perder 4,9 bilhões de euros.

O Société Générale elogiou a decisão satisfatória da justiça, segundo o advogado do banco, Jean Veil.

Kerviel, considerado por seus detratores um fraudador e por seus defensores um bode expiatório, sempre disse que o banco conhecia suas operações de alto risco, enquanto que o Société Générale o acusa de ser o único responsável pelas perdas colossais.