OGP produz 11,555 mil boe/dia em Tubarão Martelo

Do total produzido, 11,310 mil barris foram de petróleo e o restante de gás

Rio – A produção do campo de Tubarão Martelo, na Bacia de Campos, da Óleo e Gás Participações (ex-OGX) se iniciou em dezembro, segundo dados divulgados na segunda-feira, 3, pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A petroleira produziu 11,555 mil barris de óleo equivalente por dia (boe/d), sendo 11,310 mil barris de petróleo e o restante de gás. Todo o volume de gás do campo produzido foi queimado, 39 milhões de metros cúbicos por dia.

A Óleo e Gás, que está em recuperação judicial, comunicou ao mercado em 13 janeiro que a produção de óleo e gás natural no Campo de Tubarão Martelo, em dezembro, havia atingido o total de 333,105 mil barris de óleo equivalente (boe).

Segundo a empresa, o início da produção no campo de Tubarão Martelo, localizado nos blocos BMC- 39 e 40 na Bacia de Campos, ocorreu no dia 6 de dezembro, com a conexão do poço TBMT – 8HP, que produziu durante 26 dias. O segundo poço conectado, no dia 9 de dezembro, produziu por 23 dias no mesmo mês.