OGX consulta ANP sobre óleo como garantia na 11ª Rodada

Empresa também enfatizou que espera ter as condições necessárias para fazer o desembolso no prazo estabelecido pela ANP

São Paulo – A OGX Petróleo e Gás Participações informou, na noite desta quinta-feira, 11, que consultou a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) sobre a possibilidade de oferecer óleo como garantia ao programa exploratório mínimo dos blocos arrematados pela companhia na 11ª Rodada.

A petroleira de Eike Batista disse que aguarda a confirmação da ANP sobre a possibilidade.

Em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa também enfatizou que, sobre o pagamento do bônus de assinatura, espera ter as condições necessárias para fazer o desembolso no prazo estabelecido pela ANP.

Sobre os investimentos do fundo Mubadala Development Company, de Abu Dhabi, a companhia também enviou comunicado, em que ressaltou que não é parte, direta ou indireta, dos contratos celebrados entre o acionista controlador, Eike Batista, por meio da holding EBX, e a empresa. “A operação sob questão, portanto, em nada afeta a companhia e seus interesses sociais, não tendo condão de provocar por si só qualquer mudança no controle, desenvolvimento ou gerenciamento das suas atividades.”

O mesmo comunicado havia sido enviado mais cedo referente às outras empresas do grupo EBX, como MPX Energia, LLX Logística, CCX Carvão da Colômbia, MMX Mineração e OSX Brasil.