OGX vende participação de 40% a Petronas por US$ 850 mi

Além da participação de 40%, a Petronas terá ainda uma opção de compra (call) de 5% do capital total da OGX a um preço de R$6,30 por ação de Eike Batista

São Paulo – A OGX, petroleira do bilionário Eike Batista, confirmou na noite desta terça-feira a venda de uma participação de 40% à Petronas, empresa produtora de petróleo e gás natural do governo da Malásia. O negócio foi fechado por 850 milhões de dólares.

A transação foi divulgada pela companhia em comunicado à Comissão de Valores Imobiliários (CVM). Pelo contrato, a OGX segue como operadora, nas concessões dos blocos BM-C-39 e BM-C-40, que contém o Campo de Tubarão Martelo, localizados na Bacia de Campos.

Além da participação de 40% nos blocos BM-C-39 e BM-C-40, a Petronas terá ainda uma opção de compra (call) de 5% do capital total da OGX a um preço de R$ 6,30 por ação de Eike Batista, o que pode ocorrer até abril de 2015.

A venda ainda precisa ser aprovada pela Agência Nacional Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Negociações

Especulações sobre a venda da participação à Petronas têm ocorrido desde o mês passado. Eike Batista tem usado estratégias de vender ativos e reorganizar a gestão das empresas do Grupo X, numa tentativa de recuperar a credibilidade do mercado, devido a preocupações quanto à dificuldade de financiamento pelas empresas do bilionário.

Nos últimos 18 meses, as ações da petroleira caíram 87%, de 24 reais para 1,83 real, enquanto o Ibovespa registrou queda de 4,75%.

Texto atualizado às 0h01