Odebrecht pode perder concessão de obra de gasoduto no Peru

O consórcio Gasoduto Sul Peruano disse que espera receber uma comunicação oficial do governo para "retornar a concessão"

Lima – O consórcio de empresas lideradas pela brasileira Odebrecht afirmou que não será capaz de cumprir o prazo de segunda-feira para concluir um acordo de financiamento para um projeto de um gasoduto no Peru. Com isso, o contrato de concessão para a obra pode ser cancelado.

O consórcio Gasoduto Sul Peruano disse que espera receber uma comunicação oficial do governo para “permitir que nós comecemos o processo de retornar à concessão, na melhor maneira possível”. Segundo o consórcio, 10,7% da construção da obra já foi realizada.

A Odebrecht enfrenta uma investigação no Peru e em outros países latino-americanos por pagamento de subornos a autoridades para garantir contratos públicos. Fonte: Dow Jones Newswires.