Odebrecht faz acordo para vender fatia em mina, dizem fontes

Executivos de bancos de investimentos e advogados estimaram em cerca de US$ 300 mi o valor da participação da Odebrecht

São Paulo  – A Odebrecht fez acordo para vender uma participação de 16,4 por cento na quarta maior mina de diamante do mundo para a sócia angolana Endiama, afirmou nesta terça-feira uma fonte com conhecimento direto do assunto.

Segundo a fonte, a Odebrecht decidiu sair da Sociedade Mineira de Catoca para levantar recursos para cumprir uma meta de 12 bilhões de reais em venda de ativos até o final de 2018.

O acordo foi confirmado por outra fonte, que não revelou detalhes da transação. Executivos de bancos de investimentos e advogados estimaram em cerca de 300 milhões de dólares o valor da participação da Odebrecht, avaliando a Catoca em 1,83 bilhão de dólares.

Representantes da Odebrecht em São Paulo não comentaram o assunto. As tentativas para contatar a Endiama e a Catoca após o horário comercial não foram bem-sucedidas.