Recall de 600 mil carros da Nissan inclui Brasil

Problema na direção dos modelos Xterra e Frontier motivou recall; montadora recebeu seis reclamações no Brasil sobre o assunto

Detroit – A Nissan Motor anunciou na noite de quinta-feira o recall de quase 600 mil veículos dos modelos Frontier e Xterra, pelo risco de o eixo de direção se quebrar em decorrência de corrosão.

Nenhum acidente foi associado a esse problema, afirmou a Nissan em comunicado.

Cerca de 85 por cento dos veículos envolvidos no recall estão localizados nos Estados Unidos, mas a montadora também recebeu seis reclamações sobre o mesmo problema no Brasil e três no Canadá.

Segundo a Nissan, a coluna de direção inferior pode corroer, limitando seus movimentos. Em casos extremos, o problema pode levar à quebra do eixo de direção.

A coluna e o eixo serão substituídos em cerca de 303 mil caminhonetes Frontier e 283 mil utilitários Xterra, afirmou a montadora.

Os veículos afetados foram produzidos nas fábricas da Nissan no Tennessee, nos EUA, e em Curitiba (PR), entre 2001 e 2008.

A montadora também informou que realizará o recall de 18,5 mil sedãs Sentra por falha de conexão da bateria, que pode dificultar a partida dos veículos e levar à parada quando em velocidade reduzida.