Secches deixará posto na BRF, conforme antecipou EXAME

O executivo decidiu não concorrer a um novo mandato no posto, conforme afirmou reportagem da Revista EXAME

Rio de Janeiro – O presidente do Conselho de Administração da BRF, Nildemar Secches, deixará o cargo, depois de decidir não concorrer a um novo mandato ao posto.

A empresa brasileira de alimentos informou nesta sexta-feira que o executivo permanecerá no presidência do Conselho até a realização de assembleia de acionistas, de acordo com comunicado ao mercado, que não mencionou a data da reunião.

A mídia brasileira vem noticiando nas últimas semanas que Secches será substituído por Abílio Diniz, do Pão de Açúcar.

No documento ao mercado, a empresa não menciona nomes para a substituição do executivo.

Secches teve importante papel nas negociações entre a Perdigão e a Sadia, que resultaram na formação da BRF. Ele foi presidente-executivo da Perdigão.

Os papéis da BRF foram um dos destaques de queda do Ibovespa no pregão desta sexta-feira, com recuo de 2,7 por cento, enquanto o principal índice da bolsa paulista teve alta de 0,99 por cento e retomou o nível dos 60 mil pontos.