Nestlé recomenda home office para quem esteve em áreas com coronavírus

Número de casos de pessoas contaminadas com coronavírus disparou no mundo e caso foi confirmado no Brasil

São Paulo — A Nestlé, no Brasil, pediu que funcionários substituam viagens de negócios por métodos alternativos de comunicação, além de ter recomendado o trabalho remoto aos funcionários que estiveram em áreas afetadas pelo coronavírus na última semana.

Nos últimos dias, o número de casos de pessoas contaminadas com coronavírus disparou no mundo, enquanto o ritmo de novas infecções diminuiu na China. Nesta quinta, o Ministério da Saúde do Brasil, confirmou um caso no país. No mundo, eles já passam de 80 mil.

Em nota, a Nestlé afirma que também implementou medidas de biossegurança nas fábricas, escritórios e centros de distribuição.

A empresa também comunicou que trabalha com parceiros do varejo para evitar que contaminação afetem a cadeia de distribuição de produtos.