Nestlé e Coca-Cola reduzem parceria em bebidas de chá

Como parte da nova organização, em Taiwan e Hong Kong a Coca-Cola vai realizar um acordo de licença com a Nestlé para uso da marca Nestea

Zurique – A companhia suíça de alimentos Nestlé e a norte-americana Coca-Cola chegaram a um acordo para reduzir a abrangência geográfica de sua joint venture Beverage Partners Worldwide (BPW), eliminando-a gradualmente em mercados como os Estados Unidos. As empresas pretendem concentrar os esforços na venda de bebidas prontas de chá na Europa e no Canadá, segundo a Nestlé.

“Ambos os parceiros acreditam que um enfoque concentrado na Europa e no Canadá vai acelerar o crescimento e impulsionar a presença de mercado da BPW, onde a joint venture é mais eficiente”, disse a Nestlé, em comunicado. “Ambas as companhias estarão livres para explorar independentemente e maximizar oportunidades de crescimento na categoria de chás prontos para beber em outros mercados.”

Como parte da nova organização, em Taiwan e Hong Kong a Coca-Cola vai realizar um acordo de licença com a Nestlé para uso da marca Nestea. Em todos os outros territórios, a joint venture será desfeita numa transição a ser concluída até o fim de 2012, sujeita a aprovações regulatórias, revelou a Nestlé. Além disso, o atual acordo de licença com a Coca-Cola para o Nestea nos Estados Unidos vai terminar no fim de 2012.

Analistas disseram que o novo foco da parceria mostra que a Nestlé ampliou sua posição em importantes mercados, como China e Estados Unidos, onde já é forte o suficiente para expandir o crescimento de suas bebidas de chá por conta própria. Recentemente, a Nestlé vem se esforçando para crescer nos mercados emergentes, mas também adotou medidas para a Europa.

A Nestlé e a Coca-Cola criaram a BPW em 2001 para o mercado de bebidas prontas de chá, depois de terem atuado em uma joint venture chamada Coca-Cola and Nestlé Refreshments. A joint venture ajudou a Nestlé a ampliar as vendas dos chás Nestea, parte do conjunto de valiosas marcas da Nestlé, que geram mais de US$ 1,04 bilhão por ano em receita. As informações são da Dow Jones.