NEC venderá unidade de celulares, dizem fontes

Companhia japonesa deverá vender a subsidiária de telefonia móvel por até 848 milhões de dólares

Tóquio – A japonesa NEC venderá a subsidiária de telefonia móvel NEC Mobiling por 70 bilhões a 80 bilhões de ienes (742 milhões a 848 milhões de dólares), disseram fontes nesta terça-feira, com a companhia se desfazendo de ativos não principais após dois anos de prejuízos.

A unidade de telecomunicação da Marubeni e a TD Mobile, uma joint venture entre a Toyota Tsusho e a Denso, competem pela participação de 51 por cento; a NEC pode escolher o comprador até o fim da próxima semana, disseram à Reuters fontes da indústria.

A NEC disse que não comenta especulações.

A fabricante, que compete domesticamente com a Fujitsu em tecnologia da informação e celulares, planeja cortar 10 mil postos de trabalho, a maior parte em sua unidade de telefones celulares, que enfrenta dificuldades na concorrência com o iPhone da Apple e o Galaxy da Samsung.

A NEC prevê um lucro operacional de 100 bilhões de ienes (1,1 bilhão de dólares) no ano fiscal até março.