Natura quer acelerar desalavancagem após compra de The Body Shop

Ao anunciar os resultados do trimestre, a Natura informou que sua relação dívida líquida/Ebitda fechou setembro em 3,52 vezes, ante 1,47 vez em 2016

São Paulo – A fabricante de cosméticos Natura quer acelerar o processo de desalavancagem financeira após a compra da The Body Shop, disse nesta terça-feira o presidente-executivo da companhia brasileira, João Paulo Ferreira.

Ao anunciar os resultados do terceiro trimestre, a Natura informou que sua relação dívida líquida/Ebitda fechou setembro em 3,52 vezes, ante 1,47 vez em setembro de 2016.

A meta da Natura ao anunciar a compra da The Body Shop, por cerca de 1 bilhão de euros, em junho, era de fechar 2017 com essa relação em 3,6 vezes e reduzir esse índice gradualmente para níveis do ano passado em 2022.

“Ainda é cedo para rever guidance, mas queremos reduzir nossa alavancagem o mais rápido possível”, disse Ferreira em teleconferência com jornalistas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s