Não foi culpa do modelo

Um estudo do Boston Consulting Group comparou as estruturas de governança de 25 empresas destruídas por escândalos contábeis nos últimos cinco anos com as de concorrentes saudáveis.

Ao contrário do esperado, não foram observadas diferenças notáveis nos modelos de governança. Já o valor das stock options em poder dos presidentes era oito vezes superior nas companhias fraudadas.