Multimilionário americano Ted Turner ‘quer ir para o céu’

Ted Turner, criador da CNN, completará 75 anos nesta semana e fez um balanço de sua vista em entrevista ao canal

Washington – O multimilionário Ted Turner, criador da primeira rede de televisão a cabo dedicada às notícias e o segundo maior fazendeiro dos Estados Unidos, completará 75 anos nesta semana e disse que ‘quer ir para o céu’.

A afirmação não deixa de ser surpreendente para um homem que, durante a maior parte de sua vida, na qual acumulou uma fortuna que em algum momento chegou a US$ 10 bilhões, declarou que Deus e a religião são ‘tolices’.

Em uma entrevista a ‘seu bebê’, o canal ‘CNN’, e ao realizar um balanço de sua vida, Turner admitiu que ‘de vez em quando reza um pouquinho, com a esperança que haja alguém que escute’.

A lista de conquistas na vida de Turner é longa: foi Homem do Ano para a revista ‘Times’, tem uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood, deixou sua marca na lista de livros mais vendidos do ‘New York Times’ e sua equipe de beisebol, o Atlanta Braves, ganhou uma vez as Séries Mundiais.

‘Mas depois que alcançou grandes cumes, (Turner) voltou ao vale e o melhor de si emergiu como um humanitário e filantropo em grande escala resolvido a dar a outros bilionários um bom exemplo’, disse a ‘CNN’, que divulgará a entrevista na íntegra na noite deste domingo.

Turner, cujo aniversário é na próxima terça-feira, 19 de novembro, já pagou US$ 965 milhões de sua promessa de US$ 1 bilhão para programas das Nações Unidas e por mais de uma década brigou pela proteção de espécies ameaçadas, as florestas, os oceanos e a conservação de energia.

A história de sua vida inclui três casamentos e três divórcios, que lhe deixaram cinco filhos, e a propriedade de 810 mil hectares em 15 ranchos no Kansas, Montana, Nebraska, Novo México, Oklahoma, Dakota do Sul, além de estâncias na Argentina. EFE