Mude a mudança

Para a transformação da sua empresa dar certo

Processos de mudança estão se tornando rotineiros nas organizações. O problema é que a maioria continua fracassando. Como evitar o naufrágio? No livro A Disciplina e a Arte da Gestão das Mudanças nas Organizações, recém-lançado pela Editora Campus, o consultor paulista Pedro Mandelli — juntamente com seus sócios, os consultores Reinaldo Lucas, Cláudio Viveiros, Francisco Pierrotti, Antônio Loriggio e Luiz Ayres — lista alguns erros fatais:

COMPLACENCIA EXCESSIVA

Falhas durante o processo são inevitáveis e devem ser toleradas, mas benevolência demais atrapalha. As pessoas se acomodam e deixam de buscar o melhor resultado.

FALTA DE ADESÃO EXTERNA

Se sua empresa está mudando, isso afeta muita gente lá fora: fornecedores, clientes, parceiros. É preciso manter todos informados para que apóiem o processo e entendam eventuais turbulências.

COMUNICAÇÃO INEFICIENTE

Sim, as pessoas são sensíveis às causas nobres e aos motivos relevantes… quando elas os conhecem. Dúvidas e equívocos precisam ser esclarecidos durante o processo.

NÃO ISOLAR OBSTACULOS INTERNOS

A mudança, para deslanchar, precisa ficar livre dos trâmites da hierarquia e da burocracia. Os profissionais envolvidos precisam poder trabalhar com flexibilidade.

NÃO COMEMORAR AS VITORIAS DE CURTO PRAZO

Celebrar conquistas no meio do caminho ajuda a recarregar as baterias para a próxima etapa e serve também como um sinal de alerta importante para os dissidentes.

DECLARAR VITORIA ANTES DA HORA

Apitar antes do final do jogo atrapalha o processo.

DEIXAR DE INCORPORAR AS MUDANÇAS NA CULTURA

As novidades precisam ser incorporadas, assim como o próprio gosto pela mudança. Dessa forma as pessoas estarão preparadas para a próxima transformação.