MRV encerra 3º trimestre com alta de 5,4% no lucro

A incorporadora MRV Engenharia encerrou o terceiro trimestre de 2016 com lucro líquido de R$ 150 milhões

São Paulo – A incorporadora MRV Engenharia encerrou o terceiro trimestre de 2016 com lucro líquido de R$ 150 milhões, crescimento de 5,4% em comparação com o mesmo período de 2015, conforme balanço publicado nesta quarta-feira, 9.

A margem bruta da companhia foi a 32,2%, alta de 1,2 ponto porcentual na mesma base de comparação, consequência da melhor eficiência operacional e financeira dos empreendimentos imobiliários iniciados a partir de 2014, além do reflexo da renegociação com fornecedores de suprimentos para as obras.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 155 milhões, queda de 9,2%. A margem Ebitda recuou 0,1 ponto porcentual, para 14,1%.

A receita operacional líquida totalizou R$ 1,074 bilhão entre julho e setembro, uma baixa de 7,8% ante igual etapa de 2015.

O resultado financeiro foi positivo em R$ 59 milhões no terceiro trimestre deste ano, crescimento de 12,9% ante o mesmo trimestre do ano passado.

Operações

As vendas líquidas da MRV no terceiro trimestre deste ano somaram R$ 1,052 bilhão, com avanço de 18,7% na comparação com igual período de 2015.

Já os lançamentos chegaram a R$ 821 milhões em valor geral de vendas (VGV), queda de 21,5%, conforme dados operacionais que já haviam sido divulgados.

A incorporadora destacou que a greve bancária de setembro causou a postergação de lançamentos e fez com que aproximadamente 2 mil unidades deixassem de ser repassadas para o financiamento, com impacto na receita. O impacto, porém, foi considerado temporário, e a expectativa é de normalização no quarto trimestre.

As despesas comerciais totalizaram R$ 128 milhões, alta de 7,4% em um ano, ecorresponderam a 9,3% do volume de vendas no trimestre. As despesas gerais e administrativas alcançaram R$ 77 milhões, alta de 7,6%, e corresponderam a 5,6% do volume de vendas.