MPX poderá iniciar operação da Porto do Itaqui

A MPX Energia, empresa do grupo de Eike Batista, anuncia ter recebido autorização da Aneel para iniciar a operação comercial da Usina Termelétrica Porto do Itaqui

São Paulo – A MPX Energia, empresa de energia do grupo do empresário Eike Batista, anuncia ter recebido autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para iniciar a operação comercial da Usina Termelétrica Porto do Itaqui. O projeto tem capacidade instalada de 360MW.

A companhia explica que, com a aprovação da Declaração de Operação Comercial (DOC), o empreendimento passa a ser remunerado segundo os termos do Contrato de Comercialização de Energia no Ambiente Regulado (CCEAR) assegurado no leilão de energia A-5 de 2007.

Naquela ocasião, Itaqui comercializou 315MW médios, por um período de 15 anos.

O contrato garante uma receita anual mínima de R$ 299,8 milhões (com base em outubro de 2012), indexada ao IPCA e, adicionalmente, uma receita variável destinada a cobrir os custos (combustível, operação e manutenção) de quando a unidade for despachada pelo Operador Nacional do Sistema (ONS).