Movile recebe mais um aporte da Naspers e do fundo de Lemann

O valor será aplicado principalmente em seus negócios de alimentação, com o iFood, tíquete e pagamentos

São Paulo – A Movile acaba de levantar um novo aporte de 124 milhões de dólares do grupo sul-africano Naspers e do fundo Innova Capital, do empresário Jorge Paulo Lemann. O valor será aplicado principalmente em seus negócios de alimentação, tíquete e pagamentos.

Os investidores já haviam investido 82 milhões de dólares há sete meses na companhia, dona dos aplicativos iFood, PlayKids e Rapiddo. Com esse novo aporte, a Movile já recebeu 395 milhões de dólares e se torna uma das brasileiras que mais levantou investimentos. O Nubank embolsou 527,6 milhões de dólares dos investidores desde sua criação, de acordo com o Crunchbase.

No entanto, a empresa ainda não está satisfeita. De acordo com o jornal Valor Econômico, o objetivo é fazer mais rodadas de investimentos com valores ainda maiores.

Nos últimos oito anos, a Movile cresceu a uma média de 60% ao ano, segundo o jornal. O dinheiro novo deverá ser usado para crescer ainda mais rápido, afirmou o presidente e fundador Fabrício Bloisi.

Criada como uma empresa de conteúdo para o celular, há dez anos, ela cresceu por meio de aquisições, gastando pelo menos 55 milhões de reais em compras. Entre as empresas que passaram a fazer parte da holding nesse período estão iFood, Apontador e Rapiddo, de entregas.

Assim, atua em frentes que vão desde alimentação a ingressos, conteúdo para crianças, logística, entregas e conteúdo corporativo. Em março, entrou no segmento financeiro, com a aquisição da fintech Zoop por 18,3 milhões de dólares, para desenvolver soluções para meios de pagamento e serviços financeiros.

O seu objetivo é atingir 1 bilhão de reais em faturamento e alcançar 1 bilhão de pessoas por meio de seus aplicativos. Com esse sonho ousado, precisará de investimentos e negócios de peso.