Morgan Stanley acerta fim de litígios por US$ 3,2 bilhões

O anúncio acontece um ano depois de se conseguir um acordo de princípio no qual o total de multa na ocasião era de 2,6 bilhões de dólares

O banco de investimentos Morgan Stanley alcançou um acordo no valor 3,2 bilhões de dólares para pôr fim aos litígios resultantes de seus empréstimos hipotecários que deram origem à crise de 2008, anunciou o departamento da Justiça do estado de Nova York.

O anúncio acontece um ano depois de se conseguir um acordo de princípio no qual o total de multa na ocasião era de 2,6 bilhões de dólares.