Novembro azul: desmistificando o exame de próstata

De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia, sete homens recebem o diagnóstico de câncer de próstata por hora. No total, são mais de 68.000 novos casos por ano. Cerca de 20% dos pacientes falecem em decorrência da doença, o que faz com que ela seja uma das mais temidas.

Apesar disso, a doença pode ser revertida. Mas, para isso, é necessário que o problema seja identificado logo no começo. Nesse sentido, os homens precisam combater o medo do exame de próstata, pois é ele que ajuda no diagnóstico do problema.

Como é feito o exame

O exame que ajuda a identificar o câncer de próstata e outros problemas nessa região é o de toque retal. Ao contrário do que muitos pensam, o exame é praticamente indolor — a menos que a próstata esteja com uma grande inflamação. Também é importante destacar que o toque dura poucos segundos. Além de garantir uma solução mais completa para a saúde, essa análise não compromete a masculinidade dos homens.

O exame de próstata é feito juntamente com a análise de sangue de PSA (Antígeno Prostático Específico). Um procedimento não exclui o outro, pois há pacientes que têm os níveis de PSA aumentados e não têm o câncer, mas problemas como prostatite. Por isso, é necessário que um urologista avalie o quadro completo do paciente.

Quem deve fazer

É aconselhável que os homens acima de 50 anos façam exames anuais para investigar o câncer de próstata. No entanto, se o indivíduo tiver histórico na família, o exame pode começar a ser solicitado aos 40 anos de idade.

Além disso, estudos já apontaram que os homens negros têm o dobro de chance de desenvolverem a doença do que os brancos. As pessoas que fumam e não se alimentam corretamente também têm mais riscos de ter o problema.

Por ser um dos tipos de câncer mais perigosos é que a sociedade tem se mobilizado em campanhas do Novembro Azul. Os homens precisam entender que a doença assusta mais do que um simples exame que visa a saúde e o bem-estar deles.

Sobre o Itesc Card

O Itesc Card é uma rede franqueadora de convênio de saúde que atende de maneira ativa, fazendo a marcação de consultas para o cliente em sua rede de médicos, laboratórios e hospitais credenciados. Com atuação de quase 20 anos em Santa Catarina, o Itesc Card tem a missão de promover saúde de qualidade, tendo como pilares de ação, a humanização, o respeito e a excelência para todos os clientes da região Sul do Brasil.