Itesc Card realiza Oficina de Talentos para qualificação e contratação de novos colaboradores

Rede de convênio de saúde investe no processo seletivo para contratação de profissionais qualificados, visando atendimento humanizado de vendas e pós vendas

A Itesc Card acredita na excelência por meio do atendimento personalizado para os seus clientes, por isso, investe diretamente no crescimento em conjunto, e individual, dos seus funcionários. Sendo assim, a empresa realiza periodicamente uma Oficina de Talentos, evento que investe diretamente na qualificação do profissional, desde o processo de contratação, para área de call center – vendas e pós vendas.

O processo de contratação acontece por meio do disparo das vagas de atendimento em call center, conhecido pela empresa como Contact Center, em plataformas de emprego e nas redes sociais. Após os currículos serem selecionados é realizado um encontro coletivo e, por fim, a seleção, feita por meio da Oficina de Talentos. Todos que enviam seus currículos e são selecionados, podem participar da Oficina, mas isso não indica a garantia de vaga.

Com a primeira edição realizada em julho de 2018, foram convidados 19 participantes, dos quais 13 finalizaram o processo, obtendo 1 contratação no total. Ao decorrer da experiência, devido a satisfação, de 100% por partes dos participantes, com o conteúdo disponibilizado na oficina, a maior parte dos candidatos finaliza o processo com mais qualificação para o mercado.

Na Oficina, é fornecido um treinamento básico sobre Contact Center, com uma carga horário de 15 horas, onde é abordada a função que será desempenhada na vaga, que inclui temas como: telemarketing, tom de voz, persuasão, abordagem ao cliente, comunicação via telefone, vícios de linguagem, entonação, tendências de Contact Center e, o principal, saber respeitar o cliente levando em consideração as suas necessidades antes de vender o produto, criando acima de tudo um relacionamento.

“Nós acreditamos que vender é muito mais do que simplesmente oferecer o convênio de saúde aos clientes, mas sim, entender a necessidade do mesmo como ser humano em primeiro lugar”, comenta Edevaldo Figueredo, proprietário do Itesc Card.

A ideia da execução nasceu do desgaste do processo seletivo, uma vez que os candidatos tinham vontade de trabalhar, porém sem noção do funcionamento de um Contact Center e assim, quando iniciavam a função era frustrante e não conseguiam se adaptar para contatar as pessoas por telefone.

“Atualmente, conseguimos selecionar profissionais mais qualificados e, que realmente entendam a função do Contact Center e a sua importância para todo o processo de vendas da empresa”, completa Sara Biasio, Coordenadora de Atendimento do Itesc Card.