Escritório de investimentos cresce 114% em patrimônio assessorado e chega ao top 10 da XP

Consultoria especializada, personalização de carteira e foco no NPS fizeram SVN Investimentos alcançar posição recorde e R$ 11 milhões de faturamento em 2018

A SVN Investimentos alcançou o Top 10 do G20 da XP Investimentos pela primeira vez ao saltar da 14ª colocação para o sexto lugar. Com faturamento de R$ 11 milhões em 2018, a ascensão do escritório – do interior do Paraná para o Brasil – como agente autônomo da XP na assessoria para melhor rentabilidade do patrimônio de clientes é um caso de sucesso. 

Além do faturamento recorde e escalada no G20 da XP, a SVN fechou 2018 com R$ 1,5 bilhão de patrimônio assessorado, um crescimento de aproximadamente 114% em relação a 2017. Até o fim de 2019 a meta é chegar aos R$ 2,8 bilhões (hoje, já está próximo dos R$ 2 bilhões), enquanto ao término de 2020 a expectativa é chegar a R$ 7 bilhões. Hoje, são cerca de 40 assessores nos três escritórios em operação – além de Maringá, a SVN está presente em Londrina e São Paulo.

Dentre os fatores que contribuem para este crescimento que levou a SVN a saltar da 14ª para a 6ª colocação, estão: criação de metodologia de trabalho junto com a consultoria Falconi; número limitado de atendimento por assessor – que visa garantir a satisfação e personalização da carteira de investimentos do investidor; novos assessores e expansão para São Paulo e Londrina. O trabalho da consultoria ajudou o escritório autônomo da XP a definir o perfil de cliente, com foco em pessoas de alta renda e patrimônio, o que também foi fator decisivo para a posição no ranking.

“Com a consultoria da Falconi, tivemos várias mudanças significativas, como a maneira de conduzir reuniões internas e com clientes, buscando objetividade e otimização do tempo, filtro de atendimento e geração de leads”, afirma Rodrigo Zauner, sócio da SVN e responsável pelo escritório em São Paulo.

Como parte do plano de expansão, a SVN passou a incorporar em seu quadro de assessores ex-gerentes de grandes bancos de alta renda que chegam com bagagem e boa carteira de clientes com este perfil de alta renda e que querem ver o dinheiro render de forma assertiva. “Os antigos gerentes que começam aqui ficam confortáveis com essa migração, podem fazer um atendimento personalizado com foco na diversificação de investimentos e passam a prestar o serviço com melhorias significativas, o que é fundamental para a fidelização”.

NPS e expansão

Um dos critérios da XP Investimentos para definir a posição de seus agentes autônomos no ranking é o NPS (Net Promoter Score) – metodologia que define o grau de satisfação e a lealdade dos clientes de empresas de qualquer segmento, por meio de pontuação definida por diferentes critérios. A SVN encerrou 2018 com uma pontuação de 92 no NPS, em uma escala que varia de -100 a 100 (a média dos escritórios da XP é 67).

“As conquistas de um NPS alto e a escalada ao Top 10 da XP estão totalmente associadas à cultura da SVN. Definimos um limite de clientes por assessor. Enquanto em bancos e até em corretoras ou outras assessorias este número é de centenas de pessoas, no nosso escritório o limite varia entre 80 e 100 clientes por assessor”, destaca Zauner.

O crescimento da SVN Investimentos também vem se materializando com a expansão dos escritórios em operação. O escritório de Londrina foi inaugurado em janeiro de 2019 e, na primeira semana de abril, a SVN apresentou a clientes convidados e parceiros a sua nova sede em Maringá.