Empreendedor gaúcho do ramo de intercâmbio retorna a Porto Alegre com expectativa de faturar R$ 15 milhões

Paulo Silva ainda conta com duas outras unidades da agência de intercâmbio World Study, em Belo Horizonte (MG) e Brasília (DF), que juntas possuem faturamento de R$ 8 milhões

A primeira experiência de Paulo Silva com a World Study foi em 1999, aos 19 anos de idade, quando – ainda residente em Porto Alegre (RS) – decidiu fazer um intercâmbio de 6 meses nos EUA na modalidade Work & Study visando aprimorar o inglês, mas também para se sustentar durante o período com um trabalho local. Depois de quase duas décadas desse primeiro contato, a World Study Porto Alegre – que foi a origem de sua atuação como profissional no mundo do intercâmbio – volta a fazer parte da rotina do empreendedor gaúcho, agora como proprietário da franquia com potencial de movimentar cerca de R$ 7 milhões por ano em faturamento.

O que poucos sabem é que a World Study foi a grande motivadora para que Silva deixasse a capital do Rio Grande do Sul para viver em outros grandes centros do país. Tudo começou depois do retorno do intercâmbio feito em 1999. Paulo Silva começou a palestrar sobre seu caso de sucesso com a World Study na modalidade Work & Study, levando muitas pessoas a fecharem o mesmo programa . O então ex-aluno, tamanha mobilização que causou com suas palestras, naturalmente chamou a atenção da matriz da World Study. E assim foi dado o pontapé inicial de sua vida de empreendedor e franqueado da agência de intercâmbios: após 6 meses palestrando, tornou-se um adviser da agência. Em 6 anos, já estava na posição de gerência da World Study na unidade de Porto Alegre.

“Com certeza, minha experiência de intercâmbio com a World Study me abriu muitas portas, tanto dentro do mundo em geral, de forma cultural, quanto para o empreendedorismo. E a minha identificação pessoal com a marca foi decisiva para a escolha de continuar este relacionamento, numa esfera profissional, e podendo colaborar com outras pessoas para ajudar elas a viverem as ricas experiências de um intercâmbio em diferentes modalidades”, afirma Paulo Silva.

De Porto Alegre para BH

As experiências como aluno e depois como gerente da unidade Porto Alegre foram a porta de entrada para que Paulo Silva iniciasse sua trajetória como franqueado World Study – curiosamente, fora de seu estado e cidades natais. Em março de 2008, assumiu a unidade de Belo Horizonte e, com apenas 2 anos de funcionamento, já era a franquia com melhor desempenho da rede e se manteve nessa posição por 3 anos. Em 2014, comprou a unidade de Brasília, que depois de 4 anos e meio, tornou-se a 3ª maior franquia da rede.

O (milionário) retorno a Porto Alegre

Recentemente, por sua atuação à frente das unidades em Minas Gerais e no Distrito Federal, Paulo foi convidado a reassumir a unidade de Porto Alegre. Já funcionando sob a sua coordenação, a expectativa é que o nome da marca ganhe ainda mais força local e torne a franquia um dos destaques em nível nacional, uma vez que hoje a capital gaúcha é o quarto maior mercado de intercâmbio no país.

“A expectativa de projeção para a World Study de Porto Alegre é muito boa. Além do processo de expansão, a expectativa é que a gente atinja uma média  entre 15 e 20 alunos por mês até o final do ano. Isso faria com com que chegássemos a um faturamento bruto de R$ 300 mil por mês com a unidade de Porto Alegre”, comenta Paulo Silva.

Atualmente, Paulo conta com um faturamento anual de R$ 8 milhões, sendo R$ 3 milhões na unidade de Brasília e R$ 5 milhões em Belo Horizonte. Com a estimativa de faturar R$ 7 milhões na unidade de Porto Alegre nos próximos dois anos, atingirá um total de 15 milhões anuais à frente de unidades de franquias localizadas em regiões-chave para a marca.

“É muito gratificante trabalhar com a World Study, porque não ficamos engessados. Somos franqueados livres, que mesmo com as normas básicas da marca, podemos trabalhar ações regionais e moldar o nome da empresa de forma independente nas regiões”, completa Paulo Silva.

Sobre a World Study

A World Study possui 45 franqueados em todo o Brasil dedicadas a entender o intercâmbio como uma ferramenta educacional, além de três bases internacionais, duas na Austrália e uma na Irlanda. Como agência especializada, oferece as mais diversificadas opções de experiência internacional (intercâmbio) e um atendimento diferenciado, baseado no aconselhamento individualizado e na adequação do programa ao perfil de cada aluno.