Convênio de saúde nasce da percepção de vendedor e parceria para consultas mais acessíveis

Depois de falir antigos negócios, Edevaldo Figueredo lança Itesc Card, convênio de sucesso no sul do país

Edevaldo Figueredo, 50,  formado em educação física no sul de Santa Catarina, deixou a veia empreendedora falar mais alto e aliou o tino de vendedor com a vontade de empreender para criar a Itesc Card, rede de convênio médico dedicada ao sul do país, fundada em 2000 e que faturou aproximadamente R$ 3,5 milhões no último ano.

Antes da rede, Edevaldo apostou em outros segmentos a partir da percepção de demandas de mercado. Como vendedor de colchões, por exemplo, notou que os clientes também procuravam capas para comprar e resolveu fabricá-la, abrindo sua própria confecção. O negócio chegou a ter sucesso, mas devido à inexperiência de Edevaldo, a empresa faliu.

De volta às vendas, passou a comercializar bojos magnéticos para melhorar a circulação sanguínea e na conversa com as clientes percebeu a sua mais importante oportunidade. “Elas sempre diziam que não iam ao médico porque as consultas eram caras e eu, que queria oferecer um produto que trouxesse bem estar e melhoria para a saúde, decidi que precisava atrelar o bojo à um profissional de saúde, para ajudar a alcancar esse resultado”, conta.

Nascia assim a primeira parceria com um médico amigo, na época acunpunturista, que no acordo com Edevaldo atenderia as compradoras do bojo por preços mais acessiveis nas consultas. A atenção do profissional para com as pacientes e o aumento das vendas, muitas delas só pelo interesse na consulta, criaram o modelo da Itesc.

Edevaldo abandonou a venda de produtos e dedicou-se ao que gosta de chamar de “convênio de saúde e não médico, porque cuida da sua saúde”. A experiência de negócios anteriores trouxe mais maturidade ao vendedor e seu novo negócio. Dentre os diferenciais, a Itesc trabalha com call center ativo que liga para a base de clientes cadastrados e oferece as consultas de acordo com o perfil de cada cliente.

As marcações das consultas também são realizadas pela equipe Itesc e há um rigoroso processo para credenciar médicos, hospitais e ambulatórios parceiros. “O que queremos oferecer é uma consulta com qualidade, que o médico ouça o que o paciente diz e que mais do que receitar um exame ou remédio, o paciente tenha acompanhamento e não só uma solução”, destaca.

Apesar das exigências para o credenciamento, a Itesc Card possui entre os parceiros uma variedade de dentistas, hospitais e médicos  de diversas especialidades em todo o estado de Santa Catarina. Agora, com 2 unidades no sul do estado, os planos são de expansão. A rede vai se transformar em franquia. “Por enquanto o foco será no estado, mas quem sabe não chegamos ao Brasil todo? Queremos crescer com qualidade, mantendo o nosso ideal de saúde e apoiando o franqueado que partilhar dessa ideia”, comenta Edevaldo.

O interessado em abrir uma unidade terá treinamento da rede e lista inicial de credenciados, os mesmos sistemas usados na sede e aplicativo Itesc, além de apoio jurídico, caso necessário.

Raio X 
Investimento inicial: R$ 40.000,00
Taxa de franquia: R$10.000,00
Capital de giro: R$60.000,00 (valor recomendado até atingir o ponto de equilíbrio)
Número de funcionários: mínimo 2 no call center + 1 atendimento e gestão
Faturamento médio: R$50.000,00
Retorno estimado: 40% do faturado
Prazo estimado do retorno: de 18 a 24 meses