Mundo Maromba troca livros por descontos em suplementos alimentares em campanha de incentivo à leitura

Mais de 60% da população brasileira considera a leitura uma fonte de conhecimento para a vida. Porém, em contrapartida, o índice de leitores pelo país caiu em 5% desde o último levantamento do Instituto Pró-Livro, o qual aponta que 44% da população não tem o costume de ler e 30% nunca comprou um livro. Além disso, o IBGE aponta no censo de 2017 quase 12 milhões de analfabetos no país. Além disso, comparado o rendimento médio das famílias, livros tem preços elevados e há poucas bibliotecas no país, principalmente nas regiões mais carentes economicamente. 
No intuito de ajudar não apenas na distribuição de livros, mas na formação de novos leitores e no aumento do interesse pela leitura, surgiu o projeto Clube do Gueto, idealizado por Jean Ferreira, que é um aluno de engenharia que mora na comunidade de Jurunas, em Belém. O projeto tem encontrado parceiros de peso para cumprir a sua meta de levar livros e formar leitores nas mais diversas regiões do país, como a Mundo Maromba Suplementos, que está oferecendo descontos em seus produtos mediante a doação de livros para ajudar a abastecer o projeto.

O Fitness encontra a Literatura
Mas o que o fitness tem a ver com a literatura? Daniel Cohen, CEO da Mundo Maromba Suplementos e da DCX Nutrition explica: “Fui procurado pelo Caio Lira, um dos integrantes do Clube do Gueto no Rio de Janeiro e imediatamente aceitei colaborar. Nossa empresa é conhecida por distribuir e produzir produtos, através da DCX Nutrition, para os que procuram aumentar a performance esportiva e crescer músculos, mas isso não nos impede de cumprir também o nosso papel social de apoiar iniciativas como esta para disseminar cultura e estimular a leitura, revertendo as estatísticas que apontam o Brasil como um país que lê pouco. O fitness pode encontrar a literatura sim. Como dizia o criador dos jogos olímpicos modernos, o barão de Coubertin, corpo são mente sã”, declarou.
Como forma de incentivar os seus clientes a contribuir com o projeto, Daniel teve uma ideia de reverter parte do que ganha com os seus produtos em livros: “resolvi dar um desconto de 10% em todos os produtos que comercializamos mediante a doação de livros. Acredito que seja uma forma eficaz de incentivar o engajamento com esta campanha e arrecadar mais livros”.

Daniel Cohen, CEO da Mundo Maromba Suplementos / Reprodução / MF Press Global

O Clube do Gueto
No site do Clube do Gueto, as pessoas recebem moedas virtuais, chamadas bookcoins, a cada vez que falam sobre livros na plataforma. E com essas moedas eles podem comprar livros no próprio site, que são entregues em qualquer lugar do Brasil, especialmente aqueles lugares aonde não existem bibliotecas públicas nem livrarias. O objetivo é não apenas promover a disseminação de livros, mas o engajamento e interesse pela literatura. Com o aumento do acervo de livros arrecadados, onde alguns são vendidos no Sebo do Gueto, o projeto pode distribuir livros gratuitamente para pessoas em todos os cantos do Brasil.