De Nova Friburgo para o mundo: Conheça a história do casal que abriu a própria franquia e recebeu prêmio internacional

‘Viva feliz. Viva Slim’. Para quem ouve esta frase pela primeira vez, talvez não faça pareça ter significado, mas para quem já está no mercado dos cosméticos, saúde e bem estar, será fácil reconhecer o slogan de uma das marcas quem mais tem crescido no setor, a Slimcenter, que começou a partir do sonho de um casal de empreender, e em apenas dois anos se tornou reconhecida e alcançou uma premiação internacional de destaque em franchising. Qual o segredo deste sucesso?

Segundo a ABIHPEC – Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, o setor de beleza é um dos mais movimentados do Brasil e obteve um crescimento de 2,77% em relação a 2017. Acima destas projeções otimistas, neste mesmo período, a Slimcenter cresceu mais de 14%, além de ter sido premiada e reconhecida como empresa destaque internacional pela Latin American Quality Institute e considerada pioneira em estética na região serrana do Rio de Janeiro pela Record News: de Nova Friburgo para conquistar o Brasil e o mundo.

Thais Mugani e Warllem Correa recebem premio internacional – Foto: Reprodução

Como Tudo começou

Foi no ano de 2007, que Thaís Mugani e seu sócio e esposo, Warllem Correa se conheceram. Na época os dois não tinham nenhuma noção do mundo do empreendedorismo, por onde começar, como começar e com o que começar, mas a vontade de alcançar seus objetivos era maior que a barreiras.

Não possuindo nenhum conhecimento ou suporte externo, Thais e seu esposo decidiram optar por um modelo de negócio bastante conhecido, a franquia: “Não sabíamos como abrir um negócio do zero e decidimos investir em uma franquia, pois teríamos suporte. Eu sempre gostei da área da beleza e decidimos por uma franquia de estética. Abrimos em nossa cidade de 190 mil habitantes (Nova Friburgo – RJ), a princípio sem experiência nenhuma, confiando que a franqueadora iria nos ajudar, mas não foi o que aconteceu”, explicou à empresária.

Apesar do fracasso do investimento, Thais e Warllen não se deram por abatidos. Thais investiu em uma graduação universitária e em vários cursos na área da estética e Warllem em aperfeiçoamento em gestão e finanças, e assim em 2017 se reergueram e criaram a Slimcenter. 

Foto: Reprodução

Expansão e reconhecimento

Após dois anos, em 2019, a marca ingressou no franchising brasileiro com a intenção de expandir sua atuação em todo o território nacional. A partir deste ano, a empresa se transformou em franqueadora. Para o primeiro ano já assumindo a nova modalidade comercial, a Slimcenter assumiu como meta abrir unidades em Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo capital e em cidades do interior paulista. 

Franquia
De olho em um mercado que movimentou mais de R$ 32 bilhões somente em 2018 (dados publicados pela Associação Brasileira de Franchising – ABF – sobre o segmento de Saúde, Beleza e Bem-Estar), a Slimcenter formatou seu modelo de negócio para ser replicado pelo sistema de franquias.

Assim, a partir de 2019, a marca ingressa no franchising brasileiro objetivando expandir atuação em todo o território nacional. 

Thais Mugani já foi destaque no Sebrae Nacional e em 2018, foi agraciada com o prêmio Empresária do Ano de 2018, um título internacional conferido pela Latin American Quality Institute, como destaque internacional.

Foto: Reprodução

Diferencial 

Segundo seus fundadores, o diferencial da Slimcenter, sem sombra de dúvidas é a avaliação estética completa, antes mesmo de iniciar os procedimentos, levando em consideração diversos fatores, fazendo uso de alta tecnologia: “Através da consultoria estética, que é diferenciada em relação a tudo que existe no mercado, recebemos os clientes pela primeira vez na clínica com uma avaliação individualizada e criteriosa. Realizamos teste de bioimpedância, avaliamos gordura visceral, localizada, percentual de gordura, tipo de pele, alimentação, etc. Tudo para que seja sugerido o tratamento mais adequado e fundamentado. Todo esse procedimento é feito de forma gratuita, antes mesmo de iniciar os tratamentos”.