McDonald’s venderá lojas próprias em áreas nobres no Brasil

A rede de fast food quer levantar cerca de 50 milhões de dólares com a venda de ativos até 2017

São Paulo – O McDonald’s está negociando a venda de lojas próprias no Brasil. O objetivo, segundo a empresa, é arrecadar 50 milhões de dólares para o caixa (aproximadamente 188 milhões de reais), até o fim de 2017.

“Nosso plano atual inclui um número limitado de restaurantes para gerar este valor e não implica uma mudança significativa no atual equilíbrio entre restaurantes operados por Arcos Dorados (administradora da rede na América Latina) e aqueles geridos por nossos franqueados”, disse a empresa. 

Hoje, das cerca de 870 lanchonetes da marca no país, 76% são próprias e 24% e pertencem a empreendedores, de acordo com a companhia. Segundo o Valor Econômico, o grupo irá se desfazer de cerca de cem unidades. 

Em março, a Arcos Dorados já havia anunciado que pretendia refranquear alguns de seus restaurantes no país. Isso significa repassar lojas próprias a donos de outros pontos da rede. 

De acordo com  o Valor, a empresa estuda ainda repassar restaurantes bem-localizados a grupos imobiliários e vender escritórios e centros de distribuição não só no Brasil, mas também em outros países.