Marfrig tem lucro líquido de R$2,2 bilhões no 4º trimestre

Grupo de carne bovina reverteu prejuízo de R$ 22 milhões em 2017 e teve ganho de capital com a venda da subsidiária Keystone

São Paulo – O grupo de carne bovina Marfrig teve lucro líquido de 2,2 bilhões de reais no quarto trimestre, impulsionado por ganho de capital gerado pela venda da subsidiária Keystone e revertendo prejuízo de 22 milhões de reais registrado um ano antes.

A companhia apurou geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado de 881 milhões de reais nos três últimos meses do ano passado, alta de 18 por cento em relação ao quarto trimestre de 2017.

A empresa tinha informado em novembro que recebeu 1,4 bilhão de dólares com a venda da Keystone para a norte-americana Tyson Foods.

A Marfrig, segunda maior processadora de carne bovina do mundo, teve receita líquida de 10,6 bilhões de reais no período, um crescimento de 12 por cento sobre os três últimos meses de 2017, apesar de queda de 8 por cento no abate de cabeças de gado.

Segundo a Marfrig, o crescimento no faturamento foi puxado pela depreciação do real contra o dólar, que ajudou a compensar os menores abates na América do Sul.

A relação de dívida líquida sobre Ebitda ajustado terminou 2018 em 2,39 vezes em reais e em 2,31 vezes em dólares, abaixo da meta de 2,5 vezes definida pela companhia.

A empresa afirmou que espera continuação na tendência de recuperação no consumo doméstico no Brasil neste ano, além de manutenção no crescimento da demanda internacional.