Magazine Luiza vai reduzir frete e prazos do e-commerce

A empresa passou a utilizar todos os oito centros de distribuição para entregas de produtos online

São Paulo – A varejista de eletroeletrônicos Magazine Luiza começou a operar em julho deste ano um novo esquema logístico e espera reduções graduais no custo de frete da operação de e-commerce, declarou ao roadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, o diretor executivo de operações, Frederico Trajano.

A empresa passou a utilizar todos os oito centros de distribuição para entregas de produtos online.

Até então, apenas o centro de distribuição de Louveira, em São Paulo, atendia o e-commerce.

Segundo Trajano, os custos de frete podem ser reduzidos em até 70%.

Trajano considerou que o impacto positivo da integração dos centros de distribuição com o e-commerce tende a ser capturado nos resultados da empresa aos poucos, na medida em que o estoque disponível nos centros regionais aumenta e eles passam a ter mais capacidade de atender às demandas pela internet.

“Em 2015, já esperamos um impacto mais importante, já que será um ano cheio sob a influência dessa estratégia”, comentou.

O Magazine Luiza também espera reduzir prazos de entrega em 75%.

O executivo do Magazine Luiza participou de conferência da consultoria GfK em São Paulo.

Durante o evento, ele destacou ainda que há novos passos a serem dados na integração das lojas físicas com o comércio eletrônico, como a possibilidade de retirada de produtos em loja e a entrega de produtos no mesmo dia da compra usando estoques.

Trajano defendeu o modelo integrado entre e-commerce e lojas físicas.

Ele afirmou que a operação de internet do Magazine Luiza é hoje uma operação que dá lucro, fato que atribuiu ao “compartilhamento de custos” com a rede física.