Lucro líquido do HSBC sobe a US$ 7,17 bi, mas lucro ajustado cai

O banco disse que o resultado foi apoiado por um avanço nas taxas recebidas por serviços de gerenciamento de capital, especialmente em Hong Kong

Hong Kong – O HSBC Holdings informou que seu lucro líquido no primeiro semestre foi de US$ 7,17 bilhões, alta de 2,4% na comparação com igual período do ano passado, quando ele foi de US$ 7 bilhões. O lucro antes de impostos cresceu 4,6%, a US$ 10,71 bilhões.

A receita do banco teve alta de 4,3% na mesma comparação anual, a US$ 27,29 bilhões. O banco disse que o resultado foi apoiado por um avanço nas taxas recebidas por serviços de gerenciamento de capital, especialmente em Hong Kong, e que teve margens maiores com depósitos e ainda efeitos favoráveis cambiais. Após ajustes, contudo, o lucro ajustado antes de impostos recuou 1,8% no primeiro semestre, na comparação anual. Às 4h35 (de Brasília), a ação recuava 0,81% na Bolsa de Londres.

Apenas no segundo trimestre, o lucro líquido cresceu 5,7%, na comparação anual, de US$ 3,87 bilhões a US$ 4,09 bilhões. O lucro antes de impostos avançou de US$ 5,3 bilhões a US$ 5,96 bilhões.

O HSBC ainda anunciou um dividendo de US$ 0,31 por ação ordinária.