Lucro líquido do BTG Pactual soma R$ 768 mi no 4º tri

Resultado do banco foi 10,1% inferior ao visto 12 meses antes

São Paulo – O banco de investimentos BTG Pactual apresentou lucro líquido de R$ 768 milhões no quarto trimestre de 2013, cifra 10,1% inferior à vista em 12 meses, de R$ 854 milhões. Na comparação com os três meses imediatamente anteriores, de R$ 746 milhões, porém, foi identificado aumento de 2,9%.

“2013 foi um ano desafiador para o mercado de capitais global, com eventos macroeconômicos significativos influenciando os mercados e a confiança de investidores do mundo todo. Nesse cenário adverso, fomos capazes de entregar um desempenho consistente durante o ano, e o quarto trimestre foi nosso melhor trimestre em termos de lucratividade”, analisa André Esteves, CEO do BTG Pactual, em relatório que acompanha as demonstrações financeiras do banco.

A carteira de crédito expandida da instituição encerrou dezembro em R$ 39,643 bilhões, aumento de 10,8% ante setembro. Em um ano, foi registrado aumento de 17,4%. “Em 2013, continuamos a desenvolver nossas atividades de Corporate Lending, que apresentaram crescimento significativo na América Latina fora do Brasil, região que já é uma importante fonte de originação para nós. Durante o ano, aplicamos padrões mais seletivos de liquidez e retorno”, destaca o banco, no documento.

O retorno anualizado sobre o patrimônio líquido (ROAE) do BTG Pactual ficou em 19,3% no quarto trimestre, abaixo do indicador do terceiro, de 19,4%. Ante o registrado em um ano, de 25,1%, foi visto declínio de 5,8 pontos porcentuais. No ano, foi a 18,4% ante 28,7% em 2012

O BTG Pactual fechou dezembro com patrimônio líquido de R$ 16,091 bilhões, expansão de 13,8% em relação ao mesmo intervalo de 2012, quando o montante ficou em R$ 14,145 bilhões. Na comparação trimestral, foi registrada elevação de 2,3%.

Os ativos totais do banco somaram R$ 179,1 bilhões de outubro a dezembro, cifra 18,8% maior que o número identificado no mesmo período de 2012. Na comparação com o terceiro trimestre, porém, foi registrado declínio de 3,0%.

Em relatório, Esteves destaca os investimentos que o BTG fez na consolidação e expansão da plataforma do BTG. “Nossos escritórios na América Latina já estão totalmente integrados à nossa operação, inclusive nossa corretora no México, lançada recentemente”, informa ele, citando ainda a plataforma de sales and trading (operações de mesa) em commodities.

O índice de Basileia do BTG Pactual encerrou dezembro em 17,8%, abaixo do indicador visto ao final de setembro, de 18,1%, e acima dos 17,3% registrados em 12 meses. O mínimo exigido pelo Banco Central é de 11%. O Basileia é um indicador de capitalização e mede quanto o banco pode emprestar sem comprometer seu capital.

O BTG Pactual comenta nesta quarta-feira, 19, os resultados do quarto trimestre e também do ano de 2013 em teleconferência com analistas e investidores, às 11 horas com locais e às 13 horas com estrangeiros.