Lucro líquido da Volkswagen sobe 46% no terceiro trimestre

O lucro da montadora foi de 7,04 bilhões de euros, um salto em comparação com os 2,1 bilhões de euros registrados no mesmo período do ano anterior

Frankfurt – A Volkswagen informou hoje que teve um lucro líquido de 7,04 bilhões de euros no terceiro trimestre, um salto em comparação com os 2,1 bilhões de euros registrados no mesmo período do ano anterior. O resultado foi obtido após a companhia ganhar 4,7 bilhões de euros em opções de derivativos para comprar 50,1% da unidade de carros esportivos da Porsche, em um negócio que a Volkswagen ainda não fechou.

O lucro operacional da Volkswagen aumentou 46% no terceiro trimestre, para 2,89 bilhões de euros. A receita aumentou 25%, para 38,5 bilhões de euros. A maior produtora de automotores da Europa reiterou que espera uma receita e um lucro operacional em 2011 bem maiores que os registrados no ano passado, sem citar números. A companhia espera que a demanda no centro da Europa e no Leste Europeu aumente, e também há expectativa positiva para os importantes mercados da China e da Índia.

A posição líquida de liquidez da Volkswagen subiu 7,7%, para 21,2 bilhões de euros, dando à companhia potencial para seu ambicioso plano de expansão global, incluindo a compra da fabricante de caminhões MAN e a fusão com a Porsche.

O lucro operacional da Volkswagen subiu 86% nos primeiros nove meses do ano, para 8,98 bilhões de euros.

Já a Daimler, produtora alemã de carros de luxo e caminhões, teve queda em seu lucro líquido, para 1,29 bilhão de euros no terceiro trimestre, de 1,53 bilhão de euros no mesmo período do ano passado. O Ebit – lucro antes de juros e impostos – caiu 19%, para 1,97 bilhão de euros, de 2,42 bilhões de euros. A receita, porém, subiu 5%, para 26,4 bilhões de euros, puxada por mais vendas de veículos.

A divisão de carros Mercedes-Benz contribuiu com 1,11 bilhão de euros para o Ebit no trimestre, uma redução de 15% do 1,3 bilhão de euros do ano passado. A unidade de caminhões contribuiu com 555 milhões de euros para o Ebit, uma alta de 12% em comparação com os 496 milhões de euros de 2010. As informações são da Dow Jones.