Lucro líquido da Telefônica Vivo tem alta de 179,3%

O lucro líquido recorrente, excluindo a venda de torres, foi de R$ 879,3 milhões, 101,6% maior do que o registrado de janeiro a março de 2015

São Paulo – A Telefônica Vivo registrou lucro líquido de R$ 1,218 bilhão no primeiro trimestre do ano, aumento de 179,3% ante igual período do ano passado.

Os resultados são pro forma considerando a GVT Participações nos números do trimestre. O lucro líquido recorrente, excluindo a venda de torres, foi de R$ 879,3 milhões, 101,6% maior do que o registrado de janeiro a março de 2015, devido principalmente aos melhores resultados operacionais, além da menor despesa financeira registrada no período, afirma a empresa no balanço financeiro.

O Ebitda (lucro antes dos juros, depreciação e amortização) dos três primeiros meses do ano ficou em R$ 3,788 bilhões, alta de 23,8% na comparação anual, com margem de 36,3%, 6,8 pontos porcentuais a mais do que de janeiro a março de 2015.

Já a receita operacional líquida da Telefônica Vivo somou R$ 10,431 bilhões no primeiro trimestre, pequena alta de 0,6%.

As despesas financeiras líquidas de janeiro a março somaram R$ 316,8 milhões, ou R$ 211,8 milhões menores do que em igual intervalo do ano passado, principalmente devido às perdas relacionadas à variação cambial dos empréstimos e financiamentos em moeda estrangeira (euro) da GVT no primeiro trimestre de 2015, que, de acordo com a operadora, foram totalmente cobertos por operações de hedge a partir de maio de 2015, além do menor endividamento líquido médio do período.